Claudia Hardagh fala sobre design sustentável

Claudia Coelho Hardagh
Doutora pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo no Progrma Educação Currículo com a orientação da profa Dra. Maria Elizabeth Bianconcini Almeida. Possui graduação em Licenciatura em História pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (1985), graduação em Licenciatura em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Registro (1996).. Atualmente é professora iv – Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SP, professora do Centro Universitário / professor iv do Centro Universitário Senac-Santo Amaro. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Tecnologia Educacional, atuando principalmente nos seguintes temas: moda, educaçao tecnologia,formação de professores, redes sociais, e-book, Ensino Superior.

O que é designer sustentável pra você?

Claudia Hardagh:Então, atualmente está se falando muito em designer sustentável, mas para mim não é uma coisa nova não, acho que até o próprio conceito de designer, ele já vem articulado a questão da sustentabilidade, o designer tem esta preocupação, talvez tenha tido um desvio de percurso, mas atualmente ele está atrelado a questão ambiental de reaproveitamento, de usar recursos reutilizáveis, de ter um design no sentido de forma e material em sintonia com a natureza, com o conceito de reciclável, mas eu acho que é um conceito até mais antigo do que a gente pode imaginar.

Você já ouviu falar num conceito de “crowd -crowd” ? E o que você acha deste conceito?

Claudia Hardagh:É um conceito berço a berço, eu acho que é uma linha aí, que vai pegar total, de você conseguir num único produto, transformá-lo em várias outras coisas, outras formas de aproveitamento, até pela questão do espaço, onde as pessoas, hoje vivem, moram, ficam, então, você de uma cadeira, poder transformar em várias outras peças, eu acho que isso vai ser fundamental.

Você já participou de algum projeto sustentável? Se sim qual?

Claudia Hardagh:Assim diretamente não, mas, o que se for ver, o que eu estou falando, que é uma coisa antiga, se for ver em projeto de sustentabilidade, quando a gente vai ficando mais velha, já começa a participar de umas coisas que as pessoas nem fazem  muita ideia, mas assim, o primeiro projeto de lixo reciclável do Brasil, foi em Santos, e eu era uma das articuladoras, em que isso era bobagem, como as pessoas falavam que isso não ia pegar, então, por isso que eu digo assim, que o designer pensar em sustentabilidade é mais antigo do que a gente pode imaginar.

Certo. Quais as características básicas que um projeto de designer tem que ter para ser considerado um design sustentável ?

Claudia Hardagh:Bom, forma, reutilização de material, durabilidade, esse conceito que está incorporado já, do berço a berço, de você poder ter dentro de uma única peça vários objetos, e, obviamente você ter uma possibilidade de divulgação, de captação, e de aceitação da sociedade, para que esses objetos estejam presentes no dia a dia das pessoas.

Certo. O que falta a seu ver para que mais designers adotem a sustentabilidade como uma das características de seus projetos?

Claudia Hardagh:Eu acho que não falta nada, porque está tudo posto, eu acho que aqueles que não incorporaram, eu não consigo dissociar uma coisa da outra, é difícil isso, mas, assim, aqueles que não incorporarem vão estar fora, a gente está vendo até que as empresas que antes tinham um conceito diferente de consumo não sustentável, porque essa é que é a questão, você articular o consumo à sustentabilidade, hoje em dia já estão revendo esse conceito.

Certo. Que estratégias podem ser adotadas para se criar um maior interesse do consumidor neste tipo de produto?

Claudia Hardagh:É, aí eu acho que nós vamos ter que contextualizar, porque no Brasil as coisas são mais difíceis, porque infelizmente ainda, os produtos que tem esses conceitos são produtos mais caros, são produtos de grife, ou um material que é mais complicado de se fazer, enfim, eu acho que está ligado à educação, e ao conceito de cidadania as pessoas perceberem que esse tipo de material é aquele que é necessário dentro do esquema que a gente está hoje de poluição, de consumo conspico, sem preocupação com excesso, mas o Brasil está vivendo um processo às avessas, essa questão do “boomm” econômico, faz com que as pessoas estejam consumindo sem a preocupação, agora o que os designers tem que fazer, eu acho melhor perguntar para o profissional da publicidade.

Você conhece sites ou blogs que tratam deste assunto?
Claudia Hardagh: É, até conheço em função das aulas, a gente tem que fazer muito levantamento de material com isso, então, tem muitos vídeos no youtube que abordam essa questão, designers que estão colocando, e de todas as áreas, porque a gente tem designer hoje, na gastronomia, você tem designer hoje, dentro da educação, então, em várias áreas aí, que você tem sites, indicação bibliográfica tudo sobre isso.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: